Os benefícios já disponibilizados para reduzir o impacto financeiro da crise da COVID-19

Nas últimas semanas a orientação dos principais órgãos e especialistas em saúde foi a quarentena, o que mantém escolas, comércios e outras atividades paralisadas. A recomendação é resultado da pandemia de coronavírus e, com ela, a atividade econômica sofreu um baque: as estimativas são de que o mundo sofra uma recessão este ano.

 

No Brasil, para tentar conter os efeitos da crise, o governo lançou uma série de medidas econômicas, como a lei 13.982/20, que prevê uma renda básica emergencial no valor R$ 600 a trabalhadores informais, autônomos e sem renda fixa, durante a crise. Além do auxílio emergencial, também deverá ser paga uma antecipação de R$ 600 a pessoas com deficiência que ainda aguardam na fila de espera do INSS até a concessão do Benefício de Prestação Continuada (BPC). 

 

Outra iniciativa foi a Instrução Normativa 1.930/2020, que prorrogou em dois meses a entrega da declaração do Imposto de Renda. O prazo limite foi estendido do fim de abril para 30 de junho. Para saber como acessar seu Informe de Rendimentos, clique aqui.

 

Já a medida provisória 946, que entrou em vigor em 7 de abril, autorizou saque de até R$ 1.045 de contas ativas e inativas do FGTS a partir de 15 de junho até o dia 31 de dezembro. Ainda não foi divulgado o calendário. Além disso, quem tem um financiamento de imóvel com a Caixa Econômica Federal pode pedir uma pausa emergencial no pagamento de três prestações. Segundo a Caixa, é possível fazer o pedido por aplicativo ou pelo telefone.

 

O decreto 10.305/2020 também trouxe um alívio para o bolso e zerou a alíquota do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) cobrada em operações de crédito contratadas entre 3 de abril e 3 de julho deste ano. Isso inclui os Empréstimos concedidos pela ELOS. É importante lembrar que durante o período de quarentena, as novas solicitações de empréstimos à ELOS devem ser realizadas exclusivamente por meio digital. Para saber mais, clique aqui

 

Os participantes e assistidos da ELOS que possuem seguro de vida também têm outro benefício, que é a cobertura dos sinistros decorrentes da COVID-19 (doença causada pelo novo coronavírus). Apesar das pandemias e epidemias serem riscos excluídos do contrato do seguro de vida da Bradesco, a seguradora avaliou a questão e posicionou-se, no dia 06 de abril, com a decisão de realizar o pagamento da indenização da cobertura por morte em seguros de vida para os casos confirmados de COVID-19.

 

 



Fique por dentro do que acontece na ELOS

Como faço para falar com você?

O nosso relacionamento é de longuíssimo prazo, somos como velhos amigos que quando se reencontram depois um tempo, tem muito papo para colocar em dia. Atualize seus dados em nosso cadastro para que possamos conversar.

Veja mais
Novo horário de atendimento na ELOS

Novo horário de atendimento na ELOS

A alteração é no início da manhã. O nosso time de relacionamento começará a atender às 9h a partir de 27 de setembro.

Veja mais
Realizamos bate-papo virtual com participantes do Plano CD

Realizamos bate-papo virtual com participantes do Plano CD

Apresentamos os fatores que impactaram no desempenho dos perfis AI e AII este ano e respondemos às principais dúvidas

Veja mais
Excelência – agora somos uma empresa certificada ISO 27001 e ISO 27701

Excelência – agora somos uma empresa certificada ISO 27001 e ISO 27701

Estamos em um seleto grupo de 133 empresas brasileiras certificadas em Segurança da Informação e somos a segunda empresa da América Latina certificada ISO 27701

Veja mais