Mercado Financeiro: entenda o Impacto no seu Plano

Resultado dos Investimentos

A rentabilidade registrada foi negativa de 1,37% no mês. O acumulado deste ano também está negativo em 5,51%, contra um índice de referência de 3,93%, no mesmo período. Entretanto, o plano acumula nos últimos 12 meses uma rentabilidade de 9,10%, contra um índice de referência de 6,38%.

 

A título de ilustração segue a rentabilidade do plano desde seu início.

 

Cabe destacar que os investimentos da Fundação ELOS são realizados num horizonte de longo prazo e como tal deve o retorno de seus investimentos ser avaliado. Desta forma, mesmo tendo obtido, nos últimos meses rentabilidade negativa, a rentabilidade acumulada nos últimos 12 meses é superior à suas respectivas metas.

 

Entenda o impacto no seu plano

A carteira de investimentos vem sendo fortemente impactada pelo aumento da taxa de juro ao longo do ano, ou seja, iniciamos 2013 com taxa Selic a 7,25% a.a. e hoje estamos com os juros na casa dos 9% a.a., ainda com perspectiva de alta. Aliado a esse fato, com a melhora da economia americana investidores estrangeiros continuam vendendo seus ativos (títulos de renda fixa, ações, etc.), no Brasil, acarretando desvalorização desses papéis, de forma a direcionarem seus investimentos para títulos daquela economia.

 

Sendo assim, a nossa carteira de investimentos composta em sua grande maioria por títulos públicos federais, denominados Notas do Tesouro Nacional – Série B (NTN-B), e que são extremamente sensíveis as oscilações das taxas de juros, tem em seus preços o reflexo imediato de tal conjuntura, desta maneira sofrendo desvalorização no período.

 

A título ilustrativo segue exemplo simples de como o aumento do juros reflete no preço do ativo:
i) Qual o valor necessário hoje para eu ter R$ 1.000,00 daqui a 12 meses? Sendo que a taxa de juros é de 7,25% a.a..
Resposta: R$ 932,40
ii) Qual o valor necessário hoje para eu ter, os mesmos R$ 1.000,00 daqui a 12 meses? Sendo que a taxa de juros subiu e atualmente é de 9,00% a.a..
Resposta: R$ 917,43

 

Note que, houve uma desvalorização do ativo em 1,60%, acarretando em rentabilidade negativa. Só que no vencimento, daqui a 12 meses, em ambos os casos, o investidor terá os R$ 1.000,00 contratados no momento da aplicação. Isso é o que chamamos de marcação a mercado e o que vem acontecendo neste momento.

 

A título ilustrativo e como foi citado em um questionamento, comparamos o Plano CD Eletrosul com o fundo de investimento – em específico ao fundo BB Prev FIX II.

Data base: Agosto/2013.

 

De acordo com o constatado na tabela acima, realmente, como foi afirmado, no ano de 2013, o Plano CD Eletrosul está com a rentabilidade inferior ao fundo. Isso é explicado pela composição da carteira, onde no fundo é composta por LFTs – que acompanha a variação da taxa de juros – SELIC, e na Fundação ELOS é composta, em sua grande maioria por NTN-B – que paga a variação da inflação acrescida de uma taxa de juros.

 

Para investimentos de longo prazo, os investimentos NTN-B é o que melhor se adequa ao passivo da Entidade – que é o pagamento de benefícios. Desta maneira, estendendo a análise para o período dos últimos 12 meses em diante, a rentabilidade do Plano CD Eletrosul é muito superior ao fundo citado como exemplo.

 

Cabe frisar, novamente, que os investimentos da Fundação ELOS são realizados num horizonte de longo prazo e como tal deve o retorno de seus investimentos ser avaliado.

Comparando ainda o Plano com os indicadores de mercado, como por exemplo a Poupança ou o CDI, observamos que a rentabilidade do Plano CD Eletrosul também é superior aos referidos índices.

 

Perspectivas do cenário de investimentos

No mercado financeiro como um todo prevalece o ambiente de oscilação brusca de preços e incertezas. Nesta frente destacam-se quais serão os próximos passos do Banco Central americano na condução da redução dos estímulos monetários (QE3) na economia norte-americana e os possíveis reflexos no mercado doméstico.

 

Cumpre-se destacar que com o aumento de juros abriu uma janela de oportunidade e a Fundação ELOS foi as compras adquirindo títulos públicos com taxas extremamente atrativas no médio e longo prazo.



Fique por dentro do que acontece na ELOS

Reajuste de benefícios dos Planos BD-Eletrosul, Engie e BPDS

Veja a tabela com o índice de reajuste do seu plano de benefícios, que será aplicado neste mês, junho/2020.  O reajuste cheio é de 8,90%, referente ao INPC acumulado de junho/20 a maio/21.

Veja mais
Fim da suspensão da cobrança das despesas administrativas do Plano BD-ELOS/Eletrosul

Fim da suspensão da cobrança das despesas administrativas do Plano BD-ELOS/Eletrosul

Taxa de carregamento, que correspondia à 15% antes da suspensão, foi reduzida para 12% e volta a ser cobrada a partir de julho/21

Veja mais
Sua família protegida com o nosso seguro de vida em grupo

Sua família protegida com o nosso seguro de vida em grupo

Renovamos a apólice com a Icatu Seguros- com redução de custo e melhores benefícios

Veja mais
Suspensão do pagamento do seu empréstimo por três meses

Suspensão do pagamento do seu empréstimo por três meses

Para quem tiver interesse, o prazo para solicitar a suspensão termina dia 30 de junho.

Veja mais