Finanças

A democratização com as fintechs e as plataformas de investimentos

0 minutos de leitura

15/07/21

Os modelos inovadores de instituições financeiras aliados às plataformas fáceis e intuitivas para investimentos democratizaram o acesso ao mercado financeiro. Nos moldes tradicionais, o mercado de investimentos e de compra de ações era quase exclusivo a indivíduos com um patrimônio considerável. Esta facilidade de acesso a vários produtos financeiros e a disseminação de informações e conteúdos gratuitos sobre investimentos são passos importantes para que pessoas comuns, sem grandes reservas, possam planejar e alcançar a liberdade financeira.

As fintechs nada mais são que empresas que redesenham a área de serviços financeiros com processos inteiramente baseados em tecnologia. Mas esses serviços inovadores não se resumem a bancos digitais, apesar de estarem sob um mesmo nome, essas empresas podem oferecer produtos e serviços diferentes entre si, como por exemplo: fintechs de pagamento, crédito ou empréstimo, investimento, controle financeiro, entre outros.

Já as plataformas de investimento marcaram uma das grandes inovações no mundo das finanças nas duas últimas décadas. Elas democratizaram o acesso a produtos sofisticados antes acessíveis apenas para grandes investidores, como fundos multimercados e fundos que investem no exterior.  A queda gradativa nos juros contribuiu para que os investidores buscassem com mais afinco alternativas para garantir rentabilidades. Além de democratizar o acesso aos ativos, as plataformas também educam financeiramente o cliente. Por meio de suas ferramentas tecnológicas, elas incentivam o investidor a escolher os produtos com que mais se identifica e atende ao seu perfil de risco.

O futuro do mercado de investimentos está focado no cliente. Além de um futuro pautado no conceito de plataformas abertas, onde o cliente poderá ter acesso a produtos e serviços de diferentes bancos, a atenção será voltada para a resolução de conflitos e uma atenção maior à experiência do usuário.

E você, como tem buscado conhecimento sobre este assunto? Já testou alguma plataforma de investimento? Já trocou seu banco tradicional, aonde paga taxas de manutenção de conta, paga para fazer TED e tem anuidade do cartão de crédito, por um banco digital sem taxa alguma?

Fontes: https://blog.toroinvestimentos.com.br/fintech-o-que-e
https://www.istoedinheiro.com.br/a-revolucao-das-plataformas/
https://www.whow.com.br/pessoas/investimentos-democratizar-mercado-financeiro/