Escolhas financeiras difíceis: imediatismo x planejamento

Escolhas financeiras difíceis: imediatismo x planejamento

Quais são as armadilhas que encontramos em nosso caminho? 

O tema “planejamento financeiro” não é tendência por acaso. Principalmente com as restrições econômicas ocasionadas pela pandemia, quando ficou ainda mais evidente que todos os gastos devem ser pensados e acompanhados, exigindo atenção especial e muita organização. São os períodos mais conturbados que fazem com que muitas pessoas precisem lidar com escolhas financeiras difíceis. É justamente nesse tipo de situação que o planejamento financeiro salva muitas famílias. 

Por isso, preparar-se é sempre importante. Criar uma reserva de emergência, acompanhar os seus gastos e criar uma planilha para manter as entradas e saídas organizadas são ótimos métodos para passar por crises inesperadas, pois você já terá um dinheiro guardado para esses casos. O planejamento financeiro, além de proporcionar uma reserva para gastos emergenciais, também ajuda a lidar com o imediatismo.

Planejar-se financeiramente a médio e longo prazo inclui a reflexão sobre objetivos e sonhos individuais e da família. A troca de um carro, a reforma da casa ou uma viagem, por exemplo, são os objetivos que você espera concretizar dentro de um a cinco anos, por isso são considerados de médio prazo. Já as metas de longo prazo, são aquelas que você imagina realizar em, no mínimo, cinco anos, como a faculdade do filho, a compra de um apartamento e a constituição de reserva financeira para a aposentadoria. 

Ao ter esses objetivos claros no planejamento, fica mais fácil ter autocontrole e evitar gastos com compras imediatas, que atendem a uma vontade momentânea. Mas, ainda assim é preciso ficar atendo às armadilhas financeiras, como promoções que podem nos levam a compras desnecessárias e parcelamentos que prolongam dívidas e podem dificultar o controle desses gastos. Muitas vezes existem juros embutidos que nem sempre ficam claros na hora de passar o cartão. Também é necessário incluir no planejamento as despesas irregulares, como os impostos, manutenção do carro e da casa, presentes de aniversário, viagens e eventos familiares. 

São recomendações básicas, que na maioria das vezes já é do nosso conhecimento, mas vale sempre relembrá-las e nos esforçarmos para colocá-las em prática. O planejamento financeiro é uma das chaves para um futuro tranquilo e com boa qualidade de vida. E não se esqueça de trazer este assunto para as conversas familiares.



Fique por dentro do que acontece na ELOS

Abrimos leilão para venda de três imóveis

A venda destes imóveis faz parte do nosso plano de desinvestimento imobiliário

Veja mais
Horários de atendimento em dias de jogos do Brasil

Horários de atendimento em dias de jogos do Brasil

Fique atento aos horários de atendimento diferenciados em dias de jogos do Brasil da 1ª fase da Copa 2022!

Veja mais
Plano CD – Prazo para alteração de percentual termina final de dezembro

Plano CD – Prazo para alteração de percentual termina final de dezembro

O novo percentual solicitado passa a valer a partir de janeiro de 2023.

Veja mais