fbpx
Acontece aqui

Modalidades de Investimentos

Publicado em 16/04/14

A carteira de investimentos é o conjunto de aplicações que a Fundação elege como ativos para serem investidos, de acordo com a Resolução CVM 3.792 e a Política de Investimento do plano. Além dos segmentos de Empréstimos aos Participantes e Imóveis, são destaques na nossa carteira as seguintes classes de ativos:

 

Renda Fixa

Tipo de aplicação na qual a rentabilidade pode ser determinada previamente ou que segue taxas conhecidas do mercado financeiro, como Taxa SELIC (taxa básica de juros da economia brasileira) e IPCA (índice nacional de preços ao consumidor amplo). São exemplos de renda fixa CDB, Certificado de Depósito Bancário, debêntures e títulos públicos federais.

 

Renda Variável

A aplicação é considerada renda variável quando o retorno ou rendimento é imprevisível, pois flutua com as oscilações de mercado. Ações de empresas, commodities e fundos relacionados são exemplos de renda variável.

 

Investimentos Estruturados

Segmento abrangente de investimento, que engloba desde fundos de participações em empresas de capital fechado, passando por fundos imobiliários, até fundos multimercado.

 

 

Pular para o conteúdo