Finanças

Confira essas cinco dicas para sair do vermelho

0 minutos de leitura

30/11/22

A falta de renda para cobrir despesas e dívidas acumuladas é uma realidade na vida de grande parte dos brasileiros. Um levantamento realizado pela Confederação Nacional de Bens, Serviços e Turismo mostrou que 79% das famílias possuem dívidas em atraso.

Se você também está inadimplente e quer saber como sair do vermelho, trouxemos 5 dicas para se organizar financeiramente e conseguir pagar todas as dívidas. Confira! 

  1. Anote as despesas

Este é o primeiro passo para deixar a sua conta positiva outra vez. É preciso mapear todas os gastos e colocá-las na ponta do lápis. Assim, é possível saber quantas parcelas estão em atraso, quais são os juros cobrados e o valor atualizado de cada dívida.

  1. Negocie as contas em atraso

Depois de anotar tudo o que está pendente de pagamento, é hora de entrar em contato com a instituição financeira e negociar suas contas. O ideal é priorizar as parcelas que estão com a maior taxa de juros e buscar um acordo que tenha o menor número de parcelas possível, caso não haja a possibilidade de pagamento à vista.

  1. Corte gastos desnecessários

Neste momento é importante separar as despesas essenciais das desnecessárias. Depois, busque economizar nos almoços fora de casa, passeios no shopping e tentar controlar melhor as contas fixas como água, luz e internet.

  1. Evite fazer novas dívidas

Até que as parcelas mais altas dos seus acordos estejam quitadas, o ideal é não fazer novas compras, muito menos de alto valor. Quanto menos despesas você tiver nesse período, melhor será para a sua saúde financeira.

  1. Comece a investir

Uma das maneiras de fazer o seu dinheiro valer mais, é investindo todo mês. Poucas pessoas sabem, mas os investimentos são uma ótima opção de renda extra para projetos de curto, médio e longo prazos.

Guardando um pouco do seu salário todo mês, é possível ganhar com a rentabilidade e construir a sua base financeira! Seguindo essas dicas, a chance de você continuar no vermelho é muito menor. Coloque em prática os novos hábitos financeiros e honre os acordos fechados para que as suas finanças fiquem positivas o quanto antes.