Plano ELOSPREV CGT Eletrosul


  • Adesão ao Plano

    Para aderir ao ELOSPREV é fácil. Basta preencher os seguintes documentos, assinar e entregar na ELOS ou digitalizar e nos enviar por e-mail (contato@elos.org.br).

    Termo de Adesão (clique para visualizar ou baixar)

    O Termo de Adesão formaliza o ingresso como participante do ELOSPREV CGT Eletrosul. Neste documento deverá ser informada a opção pelo Regime Tributário Progressivo ou Regressivo.

    Ficha Cadastral (clique para visualizar ou baixar)

    Neste documento você deverá informar os dados pessoais, residenciais, funcionais e bancários, bem como listar os beneficiários legais ou indicados. No caso deste último, deverá ser indicado o percentual de divisão do patrimônio (rateio) entre os beneficiários e se os mesmos são universitários ou não. Ainda na Ficha Cadastral, o participante deverá informar se trata-se de Pessoa Politicamente Exposta ou se tem algum contato com alguém que seja considerado como tal.

  • Cartilha
  • Política de Investimentos

    Conheça a nossa filosofia e práticas de investimentos. Nossa política é desenvolvida para orientar e disciplinar a gestão dos recursos financeiros confiados à ELOS.

    Clique aqui e leia a Política

  • Regulamento
    Aprovado na Reunião do Conselho Deliberativo da ELOS n° 388 de 26/11/2020, de acordo com exigências da Previc (Nota Técnica PREVIC nº 478/2020 processo 44011.001938/2020-45)

    Clique aqui e leia o regulamento.




Fique por dentro do que acontece na ELOS

Revisão Anual do Perfil de Investimento

Os participantes ativos e assistidos do Plano CD podem solicitar a troca de perfil durante o mês de maio

Veja mais
Suspensão do pagamento do seu empréstimo por três meses

Suspensão do pagamento do seu empréstimo por três meses

Em decorrência da pandemia, vamos oferecer novamente este ano a possibilidade de suspensão excepcional

Veja mais
Leilão do imóvel do Sertão do Maruim foi encerrado dia 22/03

Leilão do imóvel do Sertão do Maruim foi encerrado dia 22/03

Recebemos um lance no valor mínimo estipulado para venda. O Conselho Delibarativo já aprovou a proposta.

Veja mais