fbpx
Finanças e previdência

Longevidade x planejamento financeiro: você já está preparado?

Publicado em 27/12/23

Vivemos em uma época na qual a expectativa de vida vem crescendo consistentemente. Se no passado chegar aos 60 anos era uma vitória, hoje já se fala em ir além dos 100 anos. Esta conquista, ao mesmo tempo que nos alegra, nos impõe novos desafios, sobretudo no âmbito do planejamento financeiro. Como se planejar para mais anos de vida, gastos e eventuais surpresas?

Neste artigo, daremos dicas valiosas e falaremos sobre a importância e vantagens de se adotar um plano de previdência, principalmente os fechados. Prossiga com a leitura e confira com exclusividade!

Como é a longevidade atual e quais os principais desafios dela?

Compreendendo a longevidade atual, o aumento da expectativa de vida tem demonstrado avanços notáveis em saúde e tecnologia. A capa da edição da revista The Economist de 30 de setembro de 2023, traz o título “Vivendo até 120”. A matéria apresenta diversas pesquisas que estão tornando possível ampliar os limites da expectativa de vida.

Não estamos apenas vivendo mais, mas também podendo ter saúde e uma vida plena por muito mais tempo. Felizmente, muitas pessoas que chegam aos 60 ou 70 anos estão cheias de saúde, planos e disposição para continuar produtivas. A aposentadoria ainda é um sonho para muitos; no entanto, uma parte significativa deseja apenas mais flexibilidade para poder reduzir o ritmo de trabalho ou buscar trabalhos mais significativos.

Mesmo assim, uma vida mais longa frequentemente implica em gastos adicionais, especialmente com saúde. A aposentadoria pode se estender por décadas e, sem um planejamento financeiro adequado, as economias podem se esgotar. Chegar à terceira ou quarta idade com saúde, vida social, boa capacidade intelectual e capacidade financeira para ser autônomo é um objetivo que todos devem perseguir desde a mais tenra idade.

Durante muito tempo, a aposentadoria e os cuidados com as pessoas mais velhas podiam ser delegados à família. No entanto, com a drástica redução do número de filhos por mulher e a saída destas para o mercado de trabalho, criam-se grandes desafios e oportunidades na economia do cuidado. O mercado financeiro, embora ofereça várias oportunidades, também é repleto de armadilhas. Muitos profissionais buscam apenas suas comissões, sem verdadeiro compromisso com o futuro financeiro dos investidores.

Como construir um planejamento financeiro pensando na longevidade?

O planejamento financeiro é o ponto de partida. Após determinar metas de longo prazo e criar um fundo de emergência, é vital considerar a adesão a um plano de previdência. Os planos fechados, em particular, oferecem inúmeros benefícios. Diferentemente de muitos no mercado financeiro, os planos de previdência fechados são organizados por entidades sem fins lucrativos e não têm o foco em comissões. Isso representa um compromisso genuíno em trabalhar em prol da conquista dos sonhos e na busca pela realização do planejamento financeiro dos seus participantes.

Diversificar investimentos é essencial. Os planos de previdência fechados se destacam por serem regulados pela Superintendência Nacional de Previdência Complementar (PREVIC), que zela pela segurança desses planos, garantindo maior segurança ao investidor. 

Qual a importância da educação financeira?

O mercado financeiro é reconhecido por sua complexidade, cheio de nuances e desafios, especialmente para os não especialistas. É influenciado por uma miríade de fatores e exige conhecimento técnico para navegar pelas incertezas e riscos inerentes.

Manter-se informado e atualizado é fundamental. O mercado financeiro está em constante mudança, e contar com a orientação de profissionais comprometidos é um diferencial inestimável. 

Muitas pessoas com poucos conhecimentos que se aventuram no mercado frequentemente são vítimas daqueles agentes mais preocupados em receber comissões do que com o futuro financeiro dos poupadores. Os modelos de remuneração no mercado financeiro se dividem frequentemente entre commission-based (baseado em comissões) e fee-based (baseado em taxas). A maioria das instituições comerciais se baseia nos modelos de comissões, o que frequentemente gera conflitos de interesse, pois leva gerentes e assessores de investimentos a recomendar produtos que proporcionem maiores comissões em detrimento da melhor opção para o cliente.

Diante desse cenário, planos de previdência privada se apresentam como uma alternativa atrativa devido à gestão realizada por especialistas, que podem oferecer diversificação de ativos e uma estratégia de investimento disciplinada, potencialmente reduzindo riscos e aproveitando benefícios fiscais. Nos planos de previdência fechados, como é o caso da FUNDAÇÃO ELOS e do FUTURIZE, não existe comissionamento, então todos trabalham alinhados à conquista do seu planejamento financeiro.

Conte com a Fundação Elos para cuidar do seu futuro!

A longevidade nos impõe desafios, mas também nos oferece oportunidades. Com preparação, educação e as escolhas certas – como aderir a um plano de previdência fechado – é possível encarar o futuro com confiança e segurança. A FUNDAÇÃO ELOS está pronta para te guiar nessa jornada financeira rumo a um futuro com mais longevidade. ENTRE EM CONTATO CONOSCO e faça escolhas informadas!

Pular para o conteúdo